Utilizamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios. Si continúa navegando, consideramos que acepta su uso. Puede obtener más información, o bien conocer cómo cambiar la configuración, en nuestra Política de cookies cerrar

-Florestas, Um Património a Descobrir- no Aquamuseu até 26 de março

Até 26 de março, esta mostra pretende sensibilizar as crianças e adultos que visitam este equipamento municipal para a importância de preservação da floresta.

Infominho - -Florestas, Um Património a Descobrir- no Aquamuseu até 26 de março - INFOMIÑO - Informacion y noticias del Baixo Miño y Alrededores.

Até 26 de março, esta mostra pretende sensibilizar as crianças e adultos que visitam este equipamento municipal para a importância de preservação da floresta.

Camara Municipal de Vila Nova

20/03/2017

Fuente: Camara Municipal de Vila Nova

Está patente a partir de hoje, no Aquamuseu do rio Minho, a exposição "Florestas, um Património a Descobrir" desenvolvida pelo Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental de Viana do Castelo. Até 26 de março, esta mostra pretende sensibilizar as crianças e adultos que visitam este equipamento municipal para a importância de preservação da floresta.

Através de oito painéis informativos, a presente exposição explora a importância de um ecossistema florestal, qual o funcionamento da árvore, as funções da floresta as profissões da floresta e os principais riscos e ameaças à floresta.

"Floresta, Um Património a Descobrir" é direcionada para diferentes públicos, e tem como principais objetivos sensibilizar para a diversidade e heterogeneidade de elementos bióticos e abióticos que compõem a floresta; para a importância de conhecer os ecossistemas florestais de forma a saber usufruir da floresta sem a prejudicar, e saber como a proteger; e promover junto do público em geral o sentido de coresponsabilidade social e ambiental pela floresta.

Os espaços florestais em Portugal representam dois terços do território continental. A floresta constitui-se, desta forma, como património essencial ao desenvolvimento sustentável de um país. Ainda assim, está em permanente processo de modificação, de interação e de reação a fatores exteriores a essa comunidade, entre os quais o Homem.

Desenvolvida pelo Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental de Viana do Castelo em 2011, no âmbito do Ano Internacional das Florestas, esta mostra tem percorrido vários concelhos e chega agora a Vila Nova de Cerveira, apresentando-se como uma agradável sugestão para uma visita mais alargada ao Aquamuseu do rio Minho.