Utilizamos cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios. Si continúa navegando, consideramos que acepta su uso. Puede obtener más información, o bien conocer cómo cambiar la configuración, en nuestra Política de cookies cerrar

Caminha vai executar empreitada florestal de meio milhão de euros na defesa da floresta do concelho

Aprovada candidatura de Rede de Defesa da Floresta Contra Incêndios do Concelho de Caminha

Infominho - Caminha vai executar empreitada florestal de meio milhão de euros na defesa da floresta do concelho - INFOMIÑO - Informacion y noticias del Baixo Miño y Alrededores.

Aprovada candidatura de Rede de Defesa da Floresta Contra Incêndios do Concelho de Caminha

Camara Municipal de Caminha

20/04/2017

Fuente: Camara Municipal de Caminha

O Município de Caminha conseguiu para o concelho meio milhão de euros para a defesa da floresta contra incêndios com a aprovação da candidatura de execução de Rede de Defesa da Floresta Contra Incêndios do Concelho de Caminha, orçada em €577.098,92 e financiada pelo POSEUR. Esta empreitada florestal prevê a instalação de rede primária e rede secundária em várias freguesias do concelho, numa área de 312,52 hectares.


Com a presente operação pretende-se executar rede de faixas de gestão de combustíveis - primária e secundária - planeadas em sede de PMDFCI, com uma abrangência municipal com vista à minimização dos efeitos da passagem dos incêndios florestais. Assim, pretende-se: aumentar a resiliência do território florestal ao risco de incêndio florestal; diminuir a área percorrida por grandes incêndios florestais; criar oportunidades de apoio ao combate a eventuais incêndios florestais; alterar o regime de fogo do concelho e, ainda a recuperação silvopastoril do território, que se reveste de enorme importância para as populações de montanha.


Esta empreitada florestal visa executar a instalação de 89, 49 ha de Rede Primária de faixas de gestão de combustível e 223,45ha de rede secundária em terrenos baldios e da propriedade das juntas de freguesia. As freguesias abrangidas são: freguesia de Arga (Arga de São João, Arga de Cima e Arga de Baixo), Lanhelas, Seixas, Vilar de Mouros, Argela, Dem, freguesia de Gondar e Orbacém, Riba de Âncora, Âncora, Azevedo, Vilarelho e Vila Praia de Âncora.


As intervenções a realizar consistem na execução de trabalhos florestais de corte e controlo do estrato arbustivo e herbáceo; corte e desbaste de povoamentos florestais para correção de densidades, desramações e podas, acordoamento e trituração de despojos e controlo/erradicação de espécies infestantes, caso da hakea e da acacia dealbata, de modo a evitar a propagação de incêndios florestais e para reforçar as condições de segurança das forças de combate.


Esta candidatura foi submetida e aprovada no âmbito do Concurso POSEUR - 10 - 12 - 2016 - do Programa Operacional da Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos, com o eixo prioritário promover a adaptação às alterações climáticas e a prevenção e gestão de riscos.